Glen Matlock, Johnny Rotten, Steve Jones e Paul Cook


SEX PISTOLS - NEVER MIND THE BOLLOCKS HERE'S THE SEX PISTOLS (1977)
Espere... Londres chamando. A invasão do punk atravessa o Atlântico e aterrisa no âmbito insano da capital inglesa. Junto com a travessia, o minimalismo instrumental dos Ramones, um pouco do realismo urbano do Velvet Underground e o significado do termo 'geração vazia', cantado por Richard Hell nos Voidoids. Entendendo estes termos, não há dicionário do rock algum que defina melhor a estética dos Sex Pistols.

"O rock'n roll está acabado, você não entende? Nós somos a última banda de rock", vociferou John Lydon, transformado em Johnny Rotten para integrar os vocais dos Pistols. Junto a ele, Steve Jones (guitarra), Paul Cook (bateria) e Glen Matlock (baixo). Inicialmente, a banda fazia covers de bandas de garagem, tocando The Who, Kinks e arriscando-se nos clássicos de Chuck Berry. Ok. Eis que chega um renomado experimentalista na arte do 'estilo' e molda os Pistols conforme seu desejo de imagem e semelhança: Malcolm McLaren.

"Minha relação com os Sex Pistols era uma ligação direta com aquela opressiva angústia existencial, motivo primordial para fazer qualquer coisa no rock, abandonando aquela coisa de carreira, e trazendo aquele espírito amador de faça-você-mesmo", declarou McLaren. Ele presenciou a cena que emergia em Nova York e se encantou com a ousadia de Richard Hell cantando "Blank Generation" vestindo uma camiseta com os dizeres 'Please, Kill Me'. Ainda na capital do punk rock, os New York Dolls lhe vislumbraram o arquétipo perfeito para a criação de algo totalmente ousado. McLaren pegou o voo para Londres de volta e vestiu os Pistols com andrajos rebeldes e os estimularam a compor suas próprias canções.

"Pretty Vacant" foi o primeiro resultado, revelando um cenário nauseabundo que permeava a bela capital inglesa. Encantaram os novos fãs que surgiram e se empolgaram para lançar os hoje clássicos "Anarchy in The U.K." e "God Save The Queen", gritando para todos os ouvidos o quão descontentes estavam com todo aquele contexto social através da linguagem niilista herdada do mestre Iggy Pop.


Os Sex Pistols fizeram tanto barulho que atraíram as manchetes dos principais tabloides, pautadas pelos escândalos diários que os integrantes adoravam cometer. Negaram todas as influências e se autodeclamaram "inventores do punk", proclamando a balbúrdia por onde deixassem rastro.

Todas essas atitudes foram cansando Matlock, um dos membros criativos das letras dos Pistols. E foi então que a decadência bateu na porta da banda, pois em seu lugar entrara Sid Vicious. Com ele vieram mais motivos para cheirarem o ralo da desordem e do descompromisso. O clima vertiginoso que rondava a banda culminou em desastres insondáveis até hoje. Não bastasse tomar o lugar de destaque do pungente Rotten, Vicious acabou se metendo em encrencas. Ele namorava uma junkie, Nancy Spungell, e foi acusado de assassinar a moça durante uma festa regada a alucinógenos. Entretanto, Mate-me Por Favor traz à tona uma outra versão possível para este mistério: que um traficante de drogas (que estava na festa) tenha entrado no banheiro em que o casal se encontrava e acabou esfaqueando Nancy pelo não pagamento das drogas que abasteciam a festança.

Vicious foi preso, mas mesmo assim não deixou a insanidade de lado. Pagou uma fiança equivalente a U$$50 mil e, pouco tempo depois, sofreu uma overdose de heroína que acabou matando-o. Muitos o assimilam ao símbolo do punk rock. Enquanto baderna, agressividade e atitude não há dúvidas - isso fazia parte da prerrogativa do movimento. Os Sex Pistols realmente polemizaram a cena e foram eficazes no discurso vazio em sua essência - sem deixar de serem inegavelmente realistas e, ao mesmo tempo, assustadores. Foram o adorno essencial da rebeldia jovem setentista. Trouxeram outra perspectiva para a 'geração vazia', mas não foram o complemento vital ou a peça chave. Merecem o crédito de importantes divulgadores, não de criadores do punk. Ou todas as outras bandas ficariam em segundo plano.


Compartilhe este Post:
MySpace Agregar a Technorati Agregar a Google Agregar a Yahoo! Adicionar ao Blogblogs
Related Posts with Thumbnails